Ouro Branco - Minas Gerais - Brasil  
  • "A matriz de Santo Antônio é uma das mais antigas instituições paroquiais de Minas Gerais. Da primeira metade do século XVIII."
  • "A pintura da nave principal (matriz de Santo Antônio) é uma das obras-primas do mestre Ataíde."
  • "A antiga Casa Paroquial, também conhecida como "Casarão de Pedra", data de 1752.
  • "A portada em pedra-sabão da matriz de Santo Antônio é mais um destaque desta bela igreja da terceira fase do Barroco."
  • "O lago Soledade é o espelho onde resplandece a beleza da serra de Ouro Branco."
  • "Aqui, na serra de Ouro Branco, começa a magnífica beleza da Serra do Espinhaço (única cordilheira do Brasil), que vai até o norte da Bahia."
  • "Um show de cores e formas decora o esplêndido interior da matriz de Santo Antônio."
  • "No percurso da Estrada Real surge imponente a antigamente temida serra do Deus-te-livre."
  • "Sob as bençãos de Santo Antônio, Ouro Branco desponta com uma das cidades mais bucólicas de Minas Gerais."
Site Oficial
de Turismo
Apresentação     História        
       
Procurar    Contato

Promoção:





Atrações em Ouro Branco:

Gameleira
Sítio Histórico
Árvore onde foi pendurada a perna direita do alferes Joaquim José da Silva Xavier, o Tiradentes. Fica às margens da antiga Estrad...
Ler Matéria

 
Você está em "Circuito do Ouro"

 Voltar

 

Circuito do Ouro


      Lendas trouxeram os primeiros exploradores para o interior do Brasil, onde mais tarde nasceria Minas Gerais. Serras formosas, repletas de ouro, contornavam os sonhos daqueles homens. Os constantes e coerentes relatos dos índios impulsionaram as expedições às entranhas desconhecidas de um vasto território, exaustivamente montanhoso. Índios forazes, animais selvagens, natureza hostil... Por fim, nos derradeiros anos do século XVII, chegaram aos pés de uma curiosa montanha (Itacolomi), num vale batizado Tripuí. Ali, como em toda a região, o ouro exalava da terra, no leito dos rios, que por sua vez tinham o fundo dourado. A lenda virava a mais pura realidade. O ouro foi a semente de Minas e a região do Circuito do Ouro mãe generosa e austera. Aqui brotou o ouro, a ambição, a ganância, as paixões, os ódios, a dominação, a subversão, a arte... Mais: aqui brotou o Brasil como nação! Todas as emoções estão impregnadas em suas ruas, paredes, pairam no ar. Teimam em resistir ao tempo, fazendo reinar na mente de seus apreciadores as conspirações e os sonhos de liberdade.

Distância média de BH: 85 km.
Texto: Marcelo JB Resende (reprodução proibida)

 



Cidades que compõem o circuito:

Congonhas
Mariana
Ouro Preto
Sabará
Ouro Branco
Barão de Cocais
Bom Jesus do Amparo
Caeté
Catas Altas
Itabira
Itabirito
Nova Era
Nova Lima
Piranga
Raposos
Rio Acima
Santa Bárbara
Santa Luzia
Potencial Turístico:

Turismo histórico-cultural _ Turismo de eventos _ Feiras e eventos _ Turismo pedagógico _ Turismo religioso _ Artesanato _ Festas populares - Folclore - Arquitetura antiga _ Barroco _ Ecoturismo _ Patrimônio Histórico _ Patrimônio da Humanidade
 
























© 2016 - Idas Brasil Ltda. - Todos os Direitos Reservados